Utilizamos cookies para garantir que lhe proporcionamos a melhor experiência no nosso website Se continuar a utilizar este website, assumimos que está satisfeito com ele. A nossa Politica de Privacidade

close

Aguardente

A história da aguardente encontra-se envolta em grandes mistérios, incógnitas e lendas, misturando-se com a história do alambique, da destilação e do fabrico de álcool. Pensa-se que a civilização chinesa e egípcia foram pioneiras na sua descoberta e utilização, mas os primeiros documentos escritos que relatam a sua existência datam da Grécia Antiga. A “acqua ardens” (aguardente) surpreendeu todos e em breve deu lugar à “acqua vitae” (água da vida). O termo utilizado em francês é “eau-de-vie” e a palavra “whiskey” constitui uma anglicização do étimo irlandês “uisce beatha” ou do escocês “uisge beatha”, significando ambos “água da vida”. A origem da palavra “álcool” ficou a dever-se aos Árabes, que assim designaram o destilado. Mais tarde, os alquimistas começaram a atribuir aos destilados alcoólicos extraordinárias propriedades aconselhando-os como um elixir para o prolongamento da vida, defendendo que com eles poder-se-ia, inclusivamente alcançar a imortalidade. Outros consideravam que os destilados alcoólicos proporcionavam a cura de muitos males. Por todas as razões mencionadas é que as bebidas alcoólicas destiladas passaram a ser conhecidas como “água da vida”. Alguns séculos depois, o consumo de bebidas alcoólicas foi introduzido nos hábitos sociais. A difusão do fabrico da aguardente no continente americano fez-se a partir da época dos Descobrimentos, através da introdução do cultivo da cana-de-açúcar por Cristóvão Colombo. Muito embora as tribos já fabricassem algumas bebidas fermentadas, foi a partir desta altura que se desenvolveram os diversos tipos de aguardente que em breve se divulgaram por toda a América Latina. Em suma, a Aguardente é uma bebida alcoólica espirituosa, normalmente incolor, resultante da fermentação e destilação de variados frutos, cereais e ervas aromáticas. Dependendo da sua origem, pode ser classificada como: - Vínica (Arak, Armagnac, Conhaque, Ouzo) - de Frutos (Calvados, Cassis, Kirsch) - de Vegetais (Absinto, Rum, Tequila) - de Cereais (Gin, Vodka, Whiskey/Whisky) Qualquer aguardente apresentada nesta secção pode ser produzida com os nossos alambiques, que se encontram perfeitamente aptos para efectuar as suas próprias destilações em casa, quer pretenda realizar uma destilação simples, a vapor, contínua ou fraccionada. Temos ao seu dispor uma grande variedade de modelos e tamanhos para ir ao encontro das suas preferências. Alguns dos modelos são também ideais para destilar óleos essenciais, perfumes, águas de rosas e plantas medicinais. Para seu conforto disponibilizámos todas as informações respeitantes a cada modelo. Se é um recém-chegado à arte da destilação, não hesite em também consultar os nossos documentos acerca das Normas Básicas da Destilação e da Técnica de Vedação.

On Top
Menu
Close
Cart
Close
Back
Account
Close