Limpeza e Manutenção

Cleaning StillIndependentemente do modelo, antes de utilizar o seu alambique pela primeira vez, recomendamos-lhe que proceda a uma destilação com água para limpar quaisquer impurezas deixadas pelo processo de construção do alambique. Posteriormente, como qualquer peça de maquinaria ou de ferragem, é essencial que mantenha o seu alambique limpo para que este se conserve ao longo dos anos.

Se utilizar o alambique só uma vez por ano, deve certificar-se de que o limpa correctamente antes de o guardar para a destilação do ano seguinte, que é o que sucede na Península Ibérica, após a época das colheitas. O processo de limpeza eliminará os ácidos sulfúricos assim como outras substâncias nocivas acumuladas e depositadas nas paredes do alambique, desde o pote até à serpentina. Pode levar a cabo a destilação de limpeza com uma mistura de farinha de centeio e água.
É bastante simples, encha 40% da capacidade do seu alambique com água e 5% com farinha de centeio. Antes de efectuar a destilação de limpeza, certifique-se de que o pescoço de cisne e a serpentina não se encontram obstruídos. Depois de colocar o capacete do alambique, veda todas as suas uniões, utilizando para tal uma tradicional técnica de vedação.

Se, porém, utilizar o seu alambique com bastante frequência, ou seja, durante os restantes meses do ano, não necessita de proceder a uma destilação de limpeza com farinha de centeio e com água. Basta que proceda a uma destilação com água.

Com o uso regular e o passar dos anos, o cobre oxida gradualmente e adquire no seu todo uma cor vermelha escura. Para polir o exterior do seu alambique sugerimos-lhe que use um polidor apropriado, que não contenha substâncias tóxicas. Lembre-se que não deve utilizar substâncias abrasivas. Também pode limpar o seu pote seguindo um dos dois métodos tradicionais: esfregar com um pano humedecido numa solução de sal e sumo de limão, ou colocar num pano as cinzas da fogueira (se for esta a fonte de calor do alambique). Este último método tanto pode ser usado no exterior como no interior do alambique.

Se usar o alambique para produzir óleos essenciais, lembre-se que estes vão aderir às paredes do pote e aos tubo, formando uma crosta pegajosa. Deve limpar sempre todas as partes do alambique com água morna para eliminar a gordura, em especial no tubo de condensação, caso contrário, depois de algum tempo este ficará obstruído.
Por favor, lembre-se que os alambiques usados para produzir óleos essenciais não devem ser usados para fazer bebidas alcoólicas, pois, ao longo do tempo, o cobre ficará naturalmente impregnado com os óleos, podendo contaminar a bebida que ficará imprópria para consumo humano.

Depois da compra ser-lhe-á enviada uma brochura com todos os procedimentos de limpeza e com as instruções básicas detalhadas.