Ouzo

O Ouzo é uma bebida tradicional, que faz parte do património cultural da Grécia, sendo esse um dos motivos pelos quais a sua produção se encontra protegida pelas normas da União Europeia e submetida a restritas imposições. Em todos os restaurantes e bares gregos são servidos deliciosos aperitivos (mezedes) acompanhados com Ouzo diluído em água, que origina uma bebida de cor opaca. O Ouzo mais conhecido e com melhor qualidade, é o proveniente da ilha de Lesbos.

Pensa-se que as raízes do Ouzo se localizam algures na antiga civilização grega, havendo também uma inegável influência do arak.

Uvas, ervas aromáticas (como anis estrelado, coentros, raiz de angélica, cravinho, alcaçuz, menta, gaultéria, funcho, avelã, canela e tília) e bagos de fruta são os ingredientes desta bebida dos Deuses.

As uvas são prensadas, adicionando-se durante a fermentação ervas aromáticas, como o anis, o principal ingrediente desta bebida. Segue-se a destilação. Para destilar ouzo aconselhamos a utilização de um alambique tradicional (Alambique de Uniões Soldadas ou Alambique de Uniões Rebitadas). Depois da destilação o líquido obtido é arrefecido e armazenado durante alguns meses, antes de ser diluído, com vista a obter uma bebida com um teor alcoólico entre 38% a 46%.