Hidrossóis

Ingredientes: folhas de hortelã-pimenta, flores de alfazema, agulhas de pinheiro ou qualquer outra planta da sua preferência.

Método: destilação simples

Alambiques aconselhados:
Alambique com Coluna Rotativa (destilação a vapor)
Alquitarra
Alambique de Uniões Rebitadas
Alambique de Uniões Soldadas
Utensílios de Destilação

A nossa sugestão: Alambique de Uniões Rebitadas

Instruções:

Coloque no pote do alambique as folhas ou flores da planta que elegeu, juntamente com água. Não exagere na quantidade de folhas ou flores colocadas no pote, caso contrário, estas poderão queimar-se, originando águas florais de baixa qualidade. Os nossos Alambiques são fabricados artesanalmente.

Assim, logo que verificar a existência de uma fuga de vapores entre o pote e o capacete, aplique uma massa de farinha de centeio (veja a Técnica de Vedação).

Coloque o capacete do alambique, una o pescoço de cisne ao recipiente de condensação e encha o condensador com água fria. Algum tempo depois de accionada a fonte de calor (placa eléctrica, queimador com gás butano ou propano, lamparina), a água começará a ferver e aquecerá as folhas ou flores, rompendo as pequenas bolsas onde se encontram as suas fragrâncias, as quais se evaporam juntamente com o vapor gerado. Ao cabo de algum tempo, o destilado começará a fluir do condensador. Recolha as Águas Florais para um recipiente e filtre-as com a ajuda de um funil e de um filtro (serve perfeitamente o filtro utilizado para o café). À superfície do destilado obtido, poderá encontrar pequenas quantidades de óleos essenciais que não se dissolvem na água. Separe-os das águas Florais e não os desperdice (para saber as suas inúmeras utilidades consulte a nossa secção Óleos Essenciais e Aromaterapia).

Findo o processo de destilação, esvazie o alambique e limpe-o. Esta tarefa é fundamental para que ele se conserve em perfeitas condições (veja Limpeza & Manutenção). Lembre-se ainda que antes destilar as Águas Florais, deve proceder a uma destilação com água e farinha de centeio para remover as impurezas que se acumulam no Alambique durante o tempo em que este não é utilizado.

Note que:

- Para produzir Águas Florais são frequentemente utilizados os Alambiques Tradicionais (Alquitarra, Alambique de Uniões Rebitadas, Alambique de Uniões Soldadas), embora também se empregue o Alambique com Coluna Rotativa, o qual apresenta a vantagem de ser muito versátil, funcionando ora como Alambique Tradicional, bastando para tal tombar a coluna, (ideal para produzir águas florais), ora como Alambique com Coluna (que lhe permitirá produzir óleos essenciais de excelente qualidade).

- Um Alambique utilizado para produzir Águas Florais e Óleos Essenciais não deve ser utilizado para destilar bebidas alcoólicas, pois ficará impregnado com substâncias que poderão tornar o destilado impróprio para consumo.