Destilação Fraccionada

A destilação fraccionada é uma versão alterada da técnica de destilação simples que, numa solução complexa permite fazer a separação dos diferentes componentes através de uma única destilação, tirando proveito dos diferentes pontos de ebulição.

A destilação simples torna-se útil se pretendermos isolar numa solução um componente volátil (um daqueles componentes que evaporam mais rapidamente a baixas temperaturas) de um outro que não seja volátil, ou se os componentes possuírem um diferente ponto de ebulição. Aquando da destilação de uma solução de álcool através de uma destilação simples, o destilado obtido terá uma maior concentração de álcool, mas terá também a presença de alguma água. Terá de redestilar repetidamente esta solução para obter uma concentração alcoólica mais elevada, em especial se pretende atingir um volume alcoólico de 80% ou mais. A destilação fraccionada é deveras mais eficaz, uma vez que uma só destilação actua como se se tivessem processado várias.

O design da coluna fraccionada evidencia bem o processo de destilação fraccionada. Simplificando, os vapores do líquido ou do material que se encontra a ser destilado elevam-se até à coluna ou torre fraccionária e à medida que a temperatura ao longo da coluna diminui os elementos menos voláteis condensam-se em pratos perfurados especiais, colocados horizontalmente na coluna e afastados uns dos outros por alguns centímetros. O propósito deste processo pode atingir-se através da realização de uma só destilação. À medida que o vapor do líquido ou matéria orgânica que se encontra a ser destilada continua a subir, a sua intensidade aumenta e provoca a ebulição do líquido condensado nos pratos, melhorando-o e voltando a aquecê-lo, dando início à segunda destilação. Os vapores ascendentes são também limpos e purificados aquando do contacto com o condensado que se encontra nos pratos. O condensado ou destilado pode, além disso, transbordar dos pratos, sequencialmente da esquerda para a direita, criando uma corrente de refluxo do destilado, que arrefece e purifica os vapores ascendentes. Este processo é descrito como sendo um processo de correcção ou de purificação. A sucessiva condensação e evaporação dos vapores para os pratos da coluna origina uma grande concentração de componentes voláteis perto do topo da coluna. Teoricamente, pode obter desta forma 90% de volume alcoólico. O Alambique Armagnac, um sistema profissional de destilação contínua é também um exemplo de sistema cujo design permite atingir o mencionado propósito.

O design do sistema fraccionado é caracterizado pelas suas colunas de grande diâmetro, não sendo por essa razão aconselhado para amadores. Uma alternativa acessível consiste na substituição dos pratos por um enchimento de palha de cobre ou objectos de cerâmica, criando-se, assim, o mesmo efeito gerado pelos pratos numa coluna fraccionada e permitindo a condensação dos vapores no material de enchimento e o refluxo do destilado. O design deste sistema é justamente chamado de coluna de refluxo, encontrando-se incorporado no nosso Alambique com coluna de refluxo. A medida do enchimento da coluna de refluxo necessária para efectuar o mesmo trabalho que um prato ideal é designada de HETP (Height Equivalent to Theoretical Plate) - Altura Ideal Equivalente para um Tabuleiro Teórico. Quanto menor for o HETP maior será o número de pratos teóricos com que poderemos fazer o enchimento da coluna e, consequentemente, maior será o nível de pureza alcoólica obtida.

Um processo de múltipla destilação pode ser protagonizado pelo nosso Alambique tipo Rum, muito embora talvez não possa considerar-se que este opere uma destilação fraccionada "stricto sensu". Este alambique inclui dois recipientes pequenos onde os vapores ascendentes são rectificados antes de seguirem para o recipiente de condensação.

A destilação fraccionada revolucionou a indústria petrolífera. A torre fraccionada ou de refinação é utilizada para extrair vários produtos petrolíferos em diferentes níveis. Deste modo, do fundo são extraídas substâncias de betume, dos níveis acima vários tipos de óleo e do topo gases petrolíferos. A partir da destilação fraccionada também se obtém oxigénio líquido e nitrogénio. A melhor maneira dos amadores obterem álcool quase transparente e com um forte sabor a puro álcool é através da utilização da coluna de refluxo. A vodka pura pode ser utilizada como base para a destilação de ervas ou frutos com vista a produzir licores. Em alternativa, pode ser também utilizada para produzir whiskey com elevado volume alcoólico.