Destilação Contínua

A destilação contínua é um processo ininterrupto no qual se verifica a produção de um fluxo contínuo. O líquido ou matéria orgânica a ser destilada pode ser continuamente introduzida no alambique ou carregada de uma só vez sem interromper a recolha do destilado.

Aquando da realização do processo de destilação simples, o alambique necessita de ser continuamente cheio com o material que se pretende destilar e esvaziado no final de cada destilação, interrompendo a recolha do destilado. Tal não sucede na destilação contínua uma vez que não se interrompe o processo de destilação.

O exemplo mais importante da destilação contínua é o Alambique Armagnac, que numa só destilação pode produzir um destilado com um nível alcoólico tão elevado como aquele que se obtém após uma dupla ou tripla destilação, utilizando a técnica da destilação simples. A coluna fraccionada é continuamente abastecida com uma solução alcoólica e logo que esta solução entre em contacto com os vapores quentes e ascendentes vindos da caldeira, os componentes mais voláteis são expulsos da solução e sobem para a coluna. Estes vapores são expelidos e condensam após rectificações contínuas (tema abordado mais adiante no método de destilação fraccionada). Quanto mais densos ou menos voláteis forem os componentes da solução alcoólica, mais escorrem para a caldeira.

Os métodos de destilação fraccionada ou contínua são meramente descritivos dos vários processos que ocorrem, podendo ser todos incluídos num único sistema de destilação.

O gracioso Alambique Charentais desenvolvido em França, no início do século XVI para destilar os melhores Cognacs dos vinhos Charentais, é considerado um sistema semi-contínuo, uma vez que permite abastecer vinho continuamente afim de efectuar a destilação. Esta unidade inclui um pote ligado a uma cúpula com forma de cebola ou pré-aquecedor e a uma unidade de condensação. Para ser destilado, o vinho é pré-aquecido na cúpula com forma de cebola pelos vapores que passam no pescoço de cisne em direcção ao recipiente de condensação. Quantidade após quantidade, o vinho que se encontra no pré-aquecedor é transferido para o pote do alambique através de um tubo existente entre os dois, fechando, assim, o circuito.

O sistema de destilação Arrastre de Vapor Português é ainda outro exemplo de um sistema detentor de um design de destilação semi-contínua. Trata-se de um sistema muito versátil que pode ser concebido de acordo com as específicas necessidades dos clientes. Um sistema de duas ou mais colunas permitem a extracção contínua do destilado; enquanto uma coluna é esvaziada e novamente cheia, o processo de destilação prossegue na segunda coluna.

Os sistemas profissionais de destilação contínua têm evidentes aplicações na produção em grande escala de álcool com um elevado teor alcoólico, possuindo um potencial ilimitado para produzir qualquer bebida alcoólica. O destilador amador pode experimentar utilizar o Alambique Charentais, uma unidade completamente funcional e dotado de um bonito design. O Arrastre de Vapor Português é um sistema de destilação com múltiplos propósitos devido à sua versatilidade, podendo ser utilizado para destilar bebidas espirituosas, óleos essenciais, extractos de plantas medicinais, perfumes, água de rosas, entre outros.